Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
sweet newborn baby yawns Cidades - Postada em: 13/03/2019

A importância do sono na qualidade de vida

A cada dia, mais relegada ao final de semana, uma boa noite de sono pode ser fundamental na vida das pessoas. Muita gente não dá valor, reclama por “perder tempo” dormindo, mas o sono reparador é responsável pela saúde e qualidade de vida das pessoas.

Os adolescentes adoram trocar a noite pelo dia. Chegam às escolas e dormem em cima das carteiras. Isso influência na aprendizagem, na saúde mental, na visão, no crescimento – quem dorme pouco cresce menos – e também na saúde do corpo como um todo.

É para reforçar a importância de boas horas de sono na vida da população que foi criado o dia Internacional do Sono. O dia 21 de março foi escolhido e vigora em 75 países do mundo, incluindo o Brasil. A Associação Mundial de Medicina do Sono pretende conscientizar as pessoas, nestes tempos em que estresse está presente na vida de todo mundo.

Segundo os estudiosos, o sono restaurador ajuda a dar disposição para o trabalho, pro estudo e, sobretudo, para as atividades físicas. Isso contribui ainda mais para diminuir o estresse e deixa as pessoas mais bem humoradas. Deve ser o motivo das pessoas andarem tão nervosas no dia a dia, na internet e no trânsito. Falta de sono!

Quando se dorme pouco, os momentos de sono profundo, que ajudam a nutrir o corpo, diminuem. A mente não relaxa o suficiente, as pessoas sonham menos, aumenta a possibilidade de ocorrerem AVCs, já que a pressão sanguínea não diminui, e muito mais

Quando foi a última vez que você sonhou? Você se lembra? Talvez o problema esteja na falta de mais horas de sono. Sonhar mostra que o seu sonho está mais profundo, tem gente que consegue até sonhar em inglês, pra se ter ideia do quão importante é a fantasia. O subconsciente está em plena  ação.

Distúrbios do sono

Foto por Istock/ tommaso79
Foto por Istock/ tommaso79

Outro motivo de se comemorar o dia mundial do sono, além de aumentar a discussão sobre a importância do assunto, são os distúrbios do sono. E o maior de todos é o famoso ronco. Muita gente dá risada quando se fala sobre isso, mas o assunto é sério.

As pessoas respiram muito mal quando roncam, chegam a ficar alguns minutos sem respirar, inclusive, o que pode causar problemas cardíacos e cerebrais. Por isso é importante consultar um médico quando o ronco é muito forte e vem acompanhado de apnéia do sono.

Outro problema que diminui as horas e a qualidade do sono é a paralisia no sono. Você já teve um episódio em que sua mente desperta, mas o corpo não consegue acompanhar e permanece paralisado? Os relatos de experiências do tipo vêm aumentando a cada dia e assustam muito as pessoas que passam por isto.

Foto por Istock/ sezer66
Foto por Istock/ sezer66

A pessoa está totalmente desperta, tenta se mexer, mas continua paralisado. Uma angústia muito grande atinge quem passa por isso. Relatos de pânico não são incomuns. Quando, finalmente, a pessoa consegue se mexer e abrir os olhos, gritos de pavor são ouvidos.

Muita gente acredita que está morta, chega a sentir o suor escorrendo na testa, com o esforço mental que realiza, mas durante longos segundos que parecem horas, o corpo não reage. Muitos começam a rezar, tentam chamar pelos parceiros ou pelos pais e a sensação pavorosa continua até, finalmente, a pessoa conseguir se mexer.

A paralisia do sono é causada pelo estresse e, justamente, pela falta de sono regular com as horas necessárias, segundo os médicos. É importante consultar um especialista a fim de sanar o problema, ou a pessoa começa a ficar com medo de ir dormir.

Foto destaque por IStock/ LuckyBusiness