Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
unnamed (27) Decoração - Postada em: 13/06/2019

A lareira torna qualquer ambiente perfeito para reunir a família e os amigos

Time de peso do décor compartilha inspirações de projetos para as baixas temperaturas que estão chegando ao Brasil.

“Um dia frio, um bom lugar para ler um livro…”. O trecho da música Nem um Dia, cantada por Djavan, parece até clichê, mas ter um espaço para relaxar, sentir-se quentinho e acolhido é tudo o que queremos para os dias frios.  Se você é daqueles que prefere curtir o conforto do seu lar, chegou a hora de usar a decoração ao seu favor. Tapetes fofinhos e mantas são ótimos, mas já pensou em ter uma lareira?

 Entre tantas opções existentes – as portáteis elétricas, a gás, lenha ou ecológica –, hoje em dia é possível ter sua própria lareira, sem bagunça e muito quebra-quebra. Os escritórios Korman ArquitetosDantas & Passos ArquiteturaCris SchiavoniKarina Korn Arquitetura, Studio Cris Paola, Andrade & Mello Arquitetura e Interiores e Habitat Projetos Inteligentes apresentam seus projetos com lareira e ideias para inspirar.

A

Projeto Cristiane Schiavoni. Foto: Carlos Piratininga

 Elegante e com uma paleta de tons sóbrios, o ambiente da arquiteta Cristiane Schiavoni, do escritório que leva seu nome, ganhou um nicho, todo feito de mármore Armani Gris, da Mont Blanc Mármore. A lareira escolhida foi o modelo a álcool, da Polytec.

 unnamed (30)

 Projeto Studio Cris Paola. Foto: Hamilton Penna 

 Com um toque rústico, a lareira a lenha foi construída com tijolo refratário na sua parte interna, próprio para receber calor e combustão. Para completar o décor, a arquiteta Cris Paola, do Studio Cris Paola, finalizou o lado externo da lareira com uma parede de drywall, que por sua vez contou com iluminação embutida – perfeito para uma noite em clima intimista.

 unnamed (31)

     Projeto Dantas & Passos Arquitetura. Foto: Maura Mello

  No projeto assinado por Paula Passos e Danielle Dantas, do escritório Dantas & Passos Arquitetura, a lareira é o ponto de destaque da sala de TV. O modelo, abastecido com álcool em gel, foi embutido no móvel de mármore projetado pelas profissionais.

 unnamed (27)

 Living produzido pela Korman Arquitetos Foto: Gui Morelli 

 No amplo living, a arquiteta Ieda Korman, da Korman Arquitetos, optou pela lareira tradicional. O nicho para guardar a lenha ganhou evidencia no ambiente, que conta com uma poltrona estrategicamente posicionada para aproveitar o calor e apreciar as chamas.

B

Projeto Karina Korn Arquitetura. Foto: Edu Pozella

 Para otimizar o espaço livre ao lado do móvel da TV, a arquiteta Karina Korn, do escritório Karina Korn Arquitetura, trouxe o aquecimento perfeito com a lareira ecológica da Construflama.

 unnamed (35)

A gostosa sensação de ter o verde dentro de casa foi alcançada com sucesso no projeto feito pelo escritório Andrade & Mello Arquitetura e Interiores, dos profissionais Renato Andrade e Érika Mello. Nesse contexto, para completar o aconchego o ambiente conta com lareira ecológica para esquentar os dias friozinhos.

 unnamed (34)

 Projeto Habitat Projetos Inteligentes. Foto: Marcos Tiê

No projeto desenvolvido pelo escritório Habitat Projetos Inteligentes, do designer de interiores Rodrigo Ramos e a arquiteta Marcia Buschinelli, a lareira a lenha assumiu a função de dividir a sala de jantar e o living. Com base em alvenaria e tijolo refratário, a coifa metálica está escondida pelo drywall que contorna todo o perímetro.

 Conheça também as principais características de cada lareira:

 1. Lareira à lenha

A mais tradicional das lareiras, daquelas que assistimos nos filmes, demanda mão de obra especializada para execução, que deve incluir a utilização de tijolo refratário, duto de exaustão e chaminé para saída da fumaça. Ao escolher essa opção, é necessário estocar lenha em casa e realizar a retirada das cinzas no dia seguinte. Para quem mora em apartamento, é preciso consultar se é permitido construir uma lareira desse tipo.

 2.Lareira ecológica

Este tipo de lareira utiliza o etanol ou gel fluído como combustível e é extremamente prática e fácil de instalar, podendo até ser portátil. Como ponto positivo para sua adoção está o fato de ser ecologicamente correta por não produzir fumaça, resíduos ou inalantes.

 3.Lareira à gás

O modelo dispensa o uso de dutos de exaustão e é de fácil manuseio – tão prática como acender uma boca de fogão – e algumas são controladas até por controle remoto. Antes de comprar, recomenda-se verificar qual o tipo de alimentação à gás disponível no imóvel (casa ou apartamento), haja vista o modelo precisa ser compatível. Assim como a versão à lenha, a lareira à gás necessita de mão de obra especializada para instalação.

Texto por Agência

Foto em destaque: Projeto Korman Arquitetos. Foto: Gui Morelli