Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
mercado aluguel 00 Mercado - Postada em: 11/07/2018

Aluguel desacelera com alta de 0,41% na 1ª prévia de julho

Preços no atacado e no varejo influenciaram no ritmo mais lento do IGP-M em relação ao mês anterior

 

Ao contrário das leituras mais recentes, o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) apresentou um ritmo menor na primeira parcial de julho, com salto de 0,41% sobre idêntico levantamento do mês anterior. Com o resultado, a chamada “inflação do aluguel” desacelerou de forma significativa em relação ao decêndio inicial de junho (+1,50%).

Os números são do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV). Referência na economia nacional, o indexador é utilizado para reajustar contratos de locação residencial e contas de energia elétrica.

Subíndices

Componente que equivale a 60% dos cálculos e que mede os preços no atacado, o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo) registrou uma desaceleração expressiva, indo de +2,06% na primeira prévia de junho para +0,34% em igual projeção de julho.

Outro subíndice, com peso de 30% e termômetro dos preços no varejo, o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) também apurou ritmo mais lento, arrefecendo de +0,54% para +0,39%, na mesma base comparativa. Por sua vez, o INCC (Índice Nacional do Custo da Construção), que responde por 10% do balanço, acelerou de +0,18% para +0,91%.

 

Informações: www.fgv.br