Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
decoracao Luciana Tomas_cred Joao Ribeiro Top Lists - Postada em: 12/09/2017

Arquiteta relaciona 10 passos para uma reforma com final feliz

O que fazer para tornar o imóvel confortável e charmoso com recomendações simples de Luciana Tomás

 

Para muitos, reforma é sinal de dor de cabeça. Afinal, quantas pessoas já não passaram aborrecimentos devido ao prazo estourado da obra, surpresas inesperadas durante o processo (lê-se aqui gastos que não estavam previstos) e, para completar os sintomas, o orçamento ultrapassou o esperado.

Mas, uma reforma pode sim ser sinônimo de satisfação. A receita aqui é seguir os passos indicados pela arquiteta Luciana Tomás, que atua principalmente na capital paulista. “Uma recomendação que eu reafirmo para um cliente interessado em iniciar uma reforma é: nunca comece sua obra antes de fazer o projeto, planilha de custos e o cronograma de entregas”, relata. Ela conta que, na maioria dos casos, quem não segue esse cuidado dificilmente finaliza uma obra mal estimada.

Para transformar em realidade o sonho da reforma de um imóvel – ou mesmo um único ambiente –, deve-se buscar um profissional competente para realizar o projeto e se responsabilizar pelo acompanhamento diário. “Com o orçamento, o arquiteto direciona o projeto para atender às expectativas com relação à reforma e detalhar os materiais”, explica.

Além de evitar descontentamentos com o resultado final da reforma, iniciar o processo com um profissional de arquitetura proporciona uma visão correta do cronograma físico-financeiro. “Além da segurança quanto ao valor a ser investido, conseguimos dispor para o cliente de um fluxo de desembolso à medida que a obra acontece. Sem dúvidas, esse é um ponto importante para que o cliente possa fazer o seu desembolso de gastos”, relata.

Uma vez finalizado o projeto e os custos, o cronograma é fundamental para o controle das etapas da reforma e as entregas de materiais. Com relação às etapas para a reforma, Luciana os 10 passos para uma reforma perfeita:

  • 1º passo – escolha do profissional para execução do projeto, orçamento, cronograma e o acompanhamento da obra;
  • 2º passo: demolição – retirada de alvenaria, revestimentos e nichos, além da abertura dos pontos para elétrica e hidráulica;
  • 3º passo – realização do acabamento das áreas quebradas;
  • 4º passo – execução do projeto hidráulico, elétrico e ar condicionado;
  • 5º passo – Gesso: produção de forro, detalhes como sancas e molduras, além da execução do sistema drywall e revestimento das paredes de alvenaria;
  • 6º passo – aplicação de pisos e revestimentos;
  • 7º passo – aplicação de massa corrida e realização de pintura básica;
  • 8º passo – acabamentos de hidráulica e elétrica, com instalação de torneiras e lustres;
  • 9º passo – colocação do mobiliário;
  • 10º passo – realização da última demão de pintura.

 

Informações: www.lucianatomas.com.br

 

Foto: João Ribeiro/ Divulgação