Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
mercado Guia de compra - Postada em: 04/07/2017

Dicas para adquirir o primeiro imóvel

Imovelweb oferece recomendações para compradores de primeira viagem que desejam fechar o melhor negócio

 

Comprar o primeiro imóvel é um grande passo na vida de qualquer pessoa, ainda mais, por ser uma decisão que envolve diversos fatores e na maioria das vezes mexe com a vida de toda a família. Por isso, é tão importante que os compradores conversem bastante com especialistas da área, tirem todas as suas dúvidas e entendam como funciona todo o processo de aquisição de uma propriedade, para que esse sonho não se transforme em pesadelo.

Na busca pelo primeiro imóvel vários pontos devem ser avaliados. E para ajudar nesta busca, o Imovelweb, um dos maiores portais do mercado imobiliário do País, preparou dicas básicas para auxiliar o comprador de primeira viagem a encontrar o imóvel que combina com seu perfil e ainda, cujo preço, realmente caiba no bolso. Confira:

Defina quanto você pode ou quer gastar

Antes de começar a busca pelo imóvel dos sonhos, é imprescindível definir o quanto você tem para investir. Tente manter, pelo menos, uma média de valor e não exceda o que estava planejado. E para quem vai optar por um financiamento, cuidado redobrado! As parcelas e intermediárias têm que caber no bolso. Portanto, pé no chão!

Qual imóvel é ideial para o seu perfil (solteiro, casal ou casal com filhos)

Antes de começar a selecionar os imóveis de interesse é muito importante fazer filtros realistas e definir as prioridades. Quantos quartos você precisa ter para abrigar a família com conforto? Há realmente necessidade de vagas de garagem? Tem preferência por algum bairro? Com foco definido, será mais fácil encontrar o lar ideal.

Nesse quesito, é relevante ressaltar que solteiros, casais e famílias com filhos são grupos bem distintos, com necessidades específicas, que devem ser consideradas na tomada de decisão.

Os solteiros, por exemplo, geralmente possuem uma quantidade menor de mobília, por este motivo preferem imóveis menores ou mais compactos. Eles também valorizam muito a praticidade e comodidade. Para este grupo um studio ou um apartamento com quarto e sala, em um condomínio com lavanderia, arrumadeira e faxineira, talvez seja o ideal. Porém, para aqueles que trabalham em casa, é importante optar por um imóvel no qual seja possível transformar algum cômodo ou espaço em home office ou que fique perto dos chamadoscoworking. Uma dica interessante para os solteiros é dar uma olhada na área de lazer que é disponibilizada. Locais com salão de festas, cozinhas gourmet ou espaço de churrasqueira são ótimas pedidas para quem gosta de receber amigos e familiares com frequência.

Já para os casais, imóveis pequenos também podem atender a expectativa. No entanto, se já existem planos de aumentar a família, dois dormitórios se torna uma boa alternativa. Assim evita-se o desgaste de o bebê chegar sem ter um lugar adequado para ele. Para os casais com filhos também é importante pensar na infraestrutura da área de lazer, como piscina, playground, quadra poliesportiva e parquinho, além de estar próximo a boas escolas, hospitais e oferta de transporte público, o que pode proporcionar mais tranquilidade para os pais.

Primeiro imóvel com 50% de desconto na taxa de registro em Cartório

O registro do imóvel é importante para garantir que o proprietário não venha a ter problemas futuros, mas a maioria dos compradores não faz ideia que existe uma lei que dá 50% de desconto na taxa de registro de escritura do primeiro imóvel adquirido. A lei que regulamenta o direito a esse desconto é 6.015/1973 e pode ser encontrada na íntegra no site do Imovelweb (www.imovelweb.com.br), na seção de Legislação.

Para ter direito ao desconto é preciso que o imóvel adquirido seja o primeiro da pessoa, estar financiado pelo Sistema Financeiro da Habitação e ter finalidade exclusivamente residencial. Se o novo proprietário estiver dentro das regras do Minha Casa, Minha Vida, seu desconto pode variar, chegando a até 90% do valor da taxa de registro cobrada pelo cartório. A propriedade registrada pode estar dentro das condições de imóvel novo ou usado, com valor de até R$ 500 mil. Para requerer o comprovante de primeira compra de imóvel adquirido pelo SFH, é necessário ir até a Caixa Econômica Federal e solicitar uma certidão que comprove essa informação. Pessoas que já possuem imóveis registrados em seu nome (residencial ou comercial) ou herdaram alguma propriedade não têm direito ao desconto.