Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
unnamed (37) Decoração - Postada em: 14/06/2019

Estilo atemporal e sofisticado imprime essência do projeto de reforma realizada pelas profissionais do Estúdio Cipó

A decisão pela segunda morada vem acompanhada pelos novos desejos – muitos deles frutos dos sonhos não realizados no primeiro projeto. Essa essência norteou o jovem casal quando escolheu o apartamento de 332m², localizado em Pinheiros, bairro da capital paulista. Além da amplitude da planta – que permite a oportunidade de receber amigos em casa –, a vista incrível para o skyline da cidade e a quadra de tênis – paixão do morador que foi transmitida também para a esposa – foram decisivos iniciar o projeto de uma nova etapa da vida a dois.

Coube ao escritório Estúdio Cipó, da arquiteta Fernanda Angelo e a designer de interiores Elisa Meirelles, a responsabilidade de apurar os gostos e sonhos do casal para torná-los em realidade. Como conceito, um projeto de estilo atemporal e com toques de sofisticação. “Uma paleta de cores neutras, tons frios, um toque de cinza e tons escuros de madeira”, revela Fernanda.

O primeiro desafio foi entender a dinâmica os moradores para transmiti-la no apartamento. Sendo assim, como criar um ambiente perfeito para um casal que ama receber os amigos e a família em casa? A solução foi buscar a integração dos espaços que compõem a área social.

Ao entrar no imóvel, é possível perceber um padrão bem marcado. Logo na entrada, o painel em madeira Nogueira chama a atenção pela beleza de sua cor e a solução projetada pelo Estúdio Cipó, que escondeu as portas de entrada do lavabo e da cozinha em um formato em ‘Z’.

O lavabo imprime estilo clássico com a cuba esculpida e o piso de mármore Carrara. O clima elegante se estende pela escolha da torneira dourada e o papel de parede preto com textura em croco preta. Com tonalidade amarela, a fita de Led atrás espelho completa a sofisticação do espaço.

 

 

 

Living e sala de jantar seguem o conceito de integração e receberam um décor que traduz a personalidade dos moradores. No mobiliário, a combinação entre o clássico e o contemporâneo: o confortável sofá branco unifica-se com o tom escuro das poltronas estilo Luis XV e o cinza da banco de Jader Almeida. Para a mesa de centro, a arquiteta Fernanda elegeu o vidro apoiado em estrutura de ferro e realçada por objetos como o murano. O conjunto todo transmite a sensação de harmonia e bem-estar para os convidados recebidos pelos moradores.

Seguindo o equilíbrio simétrico concebido dentro de uma paleta de cores neutras, a mesa em vidro, acompanhada por oito cadeiras revestidas em tecido, foi a peça eleita e evidenciada pelo lustre de cristal. O painel de Nogueira estendeu-se para dar vida ao móvel projetado pelo Estúdio Cipó: a bancada revestida em mármore Nero Marquina recebe o bar e os armários na parte inferior abrigam as louças.

O cantinho da leitura, por sua vez, inclui uma belíssima poltrona de couro, posicionada com uma visão privilegiada para o living e jantar.

Ao lado, a estante em madeira com nichos foi desenhada para organizar livros e objetos decorativos.

 

 

 

 

Como extensão do prazer de receber em casa, a varanda foi incorporada ao espaço social com o nivelamento do piso e a disposição dos caixilhos originais foi modificada na comparação com a planta original.  Despojado, o espaço gourmet recebeu uma churrasqueira com uma bancada em mármore negro. As banquetas com revestimento em palhinha permitem que os convidados possam participar do processo de preparação. Na continuidade, uma sala de almoço, com uma mesa redonda para seis lugares, foi trazida para recepcionar os descontraídos encontros nas refeições aos finais de semana.

Para curtir a vista que tanto encantou o casal, a sala de estar da varanda traz consigo a combinação de tons cinzas, presente no sofá e nas poltronas, com o ponto de cor dedicado para as tonalidades terrosas das almofadas. O design nacional marca presença com as poltronas Diz, do aclamado designer brasileiro Sergio Rodrigues, acompanhadas pela mesa de centro, em mármore esculpido, e desenhada pela arquiteta do Estúdio Cipó. Pensando nos dias frios, uma lareira foi posicionada para curtir o inverno na companhia de um bom vinho e boas conversas.

 

 

Com uma essência intimista, a sala de TV, separada do living por meio da porta de correr embutida no drywall, alçou o status de ambiente mais acolhedor do apartamento e tornou-se um dos ambientes prediletos da casa. No home theater, a marcenaria cinza recebe a TV e os equipamentos. O sofá ‘abraça’ os moradores quando decidem assistir seus filmes e séries preferidos. Foi aqui que o décor posicionou um dos móveis com memória afetiva: apoltrona preta, que pertencia ao avô do marido, e acompanha o casal desde o apartamento anterior.

Para a cozinha, o estilo atemporal trouxe cores neutras. Executada pela Ornare, a marcenaria trouxe móveis brancos e portas sem puxadores aparentes e a bancada, em granito preto absoluto segue o formato de ‘L’ em uma extensão que serve como apoio no preparo de alimentos e mesa para refeições rápidas.

No quarto do casal, elegância e elementos contemporâneos. Para compor estes efeitos, o papel de parede cinza e a cabeceira em madeira Pau Ferro foram os elementos principais. Ao lado da cama, dois criados-mudos espelhados ajudam a compor a mescla entre o moderno e sofisticado.

Um dos quartos existentes no projeto original foi incorporado para receber o closet do casal. No banheiro, o projeto preservou o revestimento original e evidenciou o mármore Carrara. A bancada com duas cubas é essencial para o dia a dia do casal.

Com um viés de tecnologia, o apartamento conta com projeto luminotécnico dimerizado e sistema de automação – tanto da luz, do som e de alguns equipamentos, trazendo mais facilidade no cotidiano.

 

 

 

www.estudiocipo.com.br

@estudiocipo

Foto em destaque: Integração de living e sala de jantar / Foto: Julia Ribeiro