Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
mercado Mercado - Postada em: 09/08/2018

Estudo mostra que metade dos brasileiros ainda deseja realizar sonho da casa própria

Já para 80% de quem vive com os pais ou de aluguel têm alta intenção de comprar um imóvel

 

Um lugar para chamar de lar. Esse é o grande desejo do brasileiro, que movimenta todos os anos bilhões no mercado imobiliário. Diante de novo estilos de vida e de gerações digitais cada vez menos presas a um local específico, qual o espaço ocupado por esse sonho na mente e na vida das pessoas?

Para responder essa questão e saber e conhecer o cenário de quem ainda não realizou o sonho da casa própria, a startup MindMiners, especializada em pesquisas digitais, elaborou um levantamento entre 29 de junho e 3 de julho, entrevistando 1 mil pessoas.

De número de quartos e decoração até valor médio do imóvel, o objetivo foi traçar um panorama comparativo entre aqueles que já realizaram o sonho e aqueles que ainda esperam conquistar a casa própria.

Cenário

O estudo identificou que 41% dos respondentes não possuem imóvel próprio. Para mais de 50%, comprar uma casa ou apartamento é uma prioridade que ainda não foi realizada. Do total das respostas, 55% disseram que moram com familiares ou parentes; 35% vivem com namorado, cônjuge ou companheiro; 4% moram sozinhos e 4% vivem com amigos ou colegas.

O levantamento também aponta que 55% vivem em um imóvel alugado. Cerca de 60% de quem ainda não têm imóvel próprio pensa que pagar aluguel é um desperdício de dinheiro. Em outras palavras, 80% dos brasileiros que vivem com os pais ou de aluguel possuem uma intenção relativamente alta de comprar um imóvel.

Prioridades e pretensões

Para 52% dos brasileiros, a aquisição do imóvel é a grande prioridade, enquanto que para 28% é a segunda maior prioridade, à frente de estudar; comprar móveis, um carro e viajar. Em relação a organização, 59% dos entrevistados afirmaram que têm o hábito de fazer um planejamento financeiro e 39% economizam todo mês para comprar um imóvel.

Para 60%, só conseguirá obter uma casa ou apartamento se contar com um bom financiamento. Por outro lado, boa parte (73%) tem receio de se comprometer com parcelas altas de um imóvel e não conseguir quitar.

Sobre as formas de pagamento, 34% não sabe como fará e 31% pretende financiar. A maioria (28%) deseja comprar o imóvel em um intervalo de 1 a 5 anos.

A maior preferência de quem deseja adquirir o bem é por casa, com 74%, enquanto os demais 26% optam por apartamento.

 

Informações: https://mindminers.com