Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
image007 (1) Roteiro - Postada em: 11/10/2019

Exposição, As Mil Caras de Geraldo Ferreira

“A figura humana é seu tema eletivo e ele a recria isolada, de frente e de lado, como faziam os pintores antes da descoberta da perspectiva por Giotto, porém numa clave absolutamente moderna.” 

Enock Sacramento / Crítico e Curado

“As Mil Caras de Geraldo Ferreira – 70 anos” celebra a vida de Geraldo Ferreira, artista emblemático de Arraial D’Ajuda, onde mora desde os anos 80. Ele abre a sua primeira exposição em São Paulo no dia 15 de outubro, no Espacio Uruguay, com vernissage das 18h30 às 21h30, na Av. Paulista  1776, 9º andar.

 

Foto: Caio Ferrari

Artista autodidata, sua linguagem é pessoal. A face é seu foco. Através de cenas lúdicas, Geraldo mostra uma arte com maturidade e personalidade. As cores são vibrantes e as imagens, provocativas. Os suportes são variados como  a lona, a tela e também materiais nativos, com o que cria pinturas, objetos e peças de mobiliário, que também irão integrar a exposição. A curadoria é de Juliane Mai com crítica de Enock Sacramento.

 

Foto: Caio Ferrari

 Durante o período da exposição haverá encontros com o artista e/ou curadora, para explicar sua técnica e processo criativo. Esses eventos deverão se estender ao longo do 1º semestre de 2020 em São Paulo/SP, Belo Horizonte/MG, Brasília e Arraial D’Ajuda/BA.

Geraldo Ferreira nasceu em 1949. Carioca, ainda jovem se embrenhou no mundo das artes através do grupo de teatro “Grite”, em Niterói, antes de se estabelecer em Arraial D’Ajuda nos anos 80, tornando-se um reconhecido artista local, com obras vendidas para vários colecionadores em todo o mundo.

image011

 Foto: Bruno Pinheiro

As Mil Caras de Geraldo Ferreira – 70 anos

Abertura: dia 15 de outubro das 18h30 às 21h30

Exposição: de 16 de outubro a 8 de novembro

Espacio Uruguay Avenida Paulista, 1776 | 9º andar

Visitação: de segunda a sexta, das 14h às 18h

www.instagram.com/geraldoferreira_art

Curadoria: Juliane Mai / Texto: Enock Sacramento

Produtora Cultural: Adriana Queiroz / Idealização: Octávio de Siqueira