Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
Condominio Residencial Girassol_Empreendimento Sacoma_Heliopolis CDHU habitacao Cidades - Postada em: 14/08/2019

Governo do Estado e Prefeitura entregam 120 imóveis em Heliópolis

Investimentos foram de quase R$ 300 milhões. Desde 2017 foram concluídos 600 apartamentos do empreendimento

 

O Governo do Estado e Prefeitura de São Paulo entregaram 120 moradias do Condomínio Residencial Girassol, em Heliópolis, zona sul da capital paulistana. O investimento da Secretaria de Estado da Habitação para a viabilização destas unidades, realizado via Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), é de R$ 17,1 milhões. O condomínio recebe ainda contrapartida municipal para sua execução de R$ 8, 4 milhões.

“É uma alegria entregar essa última etapa desse primeiro grande conjunto habitacional de 600 unidades”, disse o governador em exercícios, Rodrigo Garcia. Ele garantiu à população presente que a parceria entre Prefeitura e Governo do Estado dará continuidade ao grande empreendimento habitacional, lembrando que Habitação – tanto no momento da obra e geração de emprego e quando as moradias estão prontas – é realização de sonho.

As famílias atendidas estavam em auxílio-aluguel por terem sido removidas de áreas de risco entre dezembro de 2010 e janeiro de 2011. Até a regularização completa do empreendimento, pagarão taxa de permissão de uso à Secretaria Municipal de Habitação (Sehab). Após a averbação do condomínio, passarão a pagar financiamento habitacional, com prestações compatíveis com a renda familiar, e integrarão a carteira de mutuários da CDHU.

“Eu queria aqui destacar essa parceria entre o governo do estado e a prefeitura de São Paulo a favor da população. Não adianta a gente achar que sozinho nós vamos resolver os problemas de São Paulo. É preciso somar forças e é por isso que estamos aqui hoje”, disse o prefeito Bruno Covas.

O Condomínio Residencial Girassol integra o empreendimento Sacomã I – Sabesp 2, objeto de convênio entre a o governo e a prefeitura de São Paulo, assinado em 2011 para a produção de 1.200 apartamentos distribuídos em cinco condomínios, cada um com 240 unidades. A construção das outras 120 unidades Condomínio Residencial Girassol está em processo de licitação.

O investimento da CDHU em todos os cinco condomínios é de R$ 171,5 milhões e do município, cerca de 124 milhões. Já foram entregues 600 destes apartamentos desde dezembro de 2017, contabilizados os de hoje. Os outros 600 apartamentos restantes do empreendimento devem ser entregues até dezembro de 2.022. Esse convênio entre governo e prefeitura viabilizou também a construção de mais 200 unidades do empreendimento Sacomã H, entregue em 2014.

“Hoje completamos a entrega de metade das unidades. A prefeitura de São Paulo, juntamente com o Estado, tem trabalhando duro para entregar habitação de interesse social para quem mais precisa, independente dos aportes do governo federal”, disse o secretário executivo da Habitação, Fernando Marangoni.

O projeto do conjunto habitacional foi assinado pelo arquiteto Ruy Ohtake e oferece um conceito diferenciado de moradia popular, com ventilação cruzada entre os espaços internos, mantendo a temperatura mais amena, se comparada ao ambiente externo, e o uso compartilhado dos espaços com prédios que integram a área comum entre os condomínios.

O casal Amália Cristina Santos Pereira, 33, e Marcilio Oliveira de Carvalho,33, perderam sua casa recentemente. “Nós tínhamos uma casa que foi desapropriada e tivemos que ir para o aluguel social; esse apartamento aqui é um alivio para gente”. O casal comemorou a conquista com o filho Bernardo, de dois anos: “agora vamos poder investir mais na educação e lazer do nosso filho”, afirmaram.

Todos os condomínios possuem a mesma tipologia e são formados por oito blocos de oito pavimentos com 30 unidades por bloco, servidas por um elevador. Os apartamentos têm 50 m² de área útil, dois dormitórios, banheiro, sala, cozinha e área de serviço. Os condomínios também contam com salão de festas, playground, equipamentos de ginástica, sala de estudos, bicicletário e área de jardim.

Trabalho na cidade e na região

Na cidade de São Paulo, já foram entregues 100.737 unidades habitacionais pela Secretaria de Estado da Habitação. Existem 13.888 unidades habitacionais em obras na cidade, que merecerão investimentos de R$ 455,2 milhões pelos dois braços operacionais da Secretaria – CDHU e Agência Casa Paulista. O programa de regularização fundiária Cidade Legal, da pasta, responsável pela entrega de títulos de propriedade em bairros de interesse social até então irregulares, tem 1.260 núcleos inscritos na cidade, com 304.635 imóveis pleiteando regularização.

Na região metropolitana de São Paulo, foram 184.962 unidades entregues e estão em obras mais 21.932 moradias. Essas unidades em construção na região metropolitana de São Paulo representam R$ 655,3 milhões em investimentos via CDHU e Agência Casa Paulista.

O programa de regularização fundiária Cidade Legal atende 38 municípios na região metropolitana de São Paulo. São 3.821 bairros na região pleiteando regularização, dos quais 422 já foram regularizados. No total, 785.156 imóveis terão sua documentação regularizada, sendo que 81.476 dos quais já finalizaram esse processo.

 

Informações: www.cdhu.sp.gov.br