Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
ranking Santo Andre Cidades - Postada em: 17/05/2018

Grande ABC é o 4º maior polo de consumo do país

Região avançou uma posição após oito anos. É o que aponta um levantamento do IPC Maps 2018

 

A cada R$ 100 gastos no Brasil, R$ 1,70 será desembolsado pelos moradores das cidades do Grande ABC. Com essa média, se a região fosse considerada como um único município seria o quarto maior polo de consumo do país, após oito anos ocupando a quinta colocação. É o que aponta o estudo IPC Maps 2018.

O morador das sete cidades do Grande ABC gastam R$ 2.285,42 por mês em média, o que significa um consumo de R$ 27.425,05 por ano. Os maiores desembolsos são com a manutenção do lar (aluguel, contas de água, luz e telefone, entre outros), com R$ 20,95 bilhões. Depois, aparecem outras despesas (como empréstimos e cabeleireiro), com R$ 14,82 bilhões), e por alimentação no domicílio, com R$ 7,97 bilhões.

Quase a metade do consumo (49,4%) são gastos pela classe B, com R$ 35,03 bilhões; seguidos pelas classes C (com 33,2% e R$ 25,19 bilhões); A (14,6% e R$ 11,04 bilhões); D e E (juntas com 6,7% e R$ 4,5 bilhões).

Entre as cidades da região, Santo André ganhou três posições no ranking nacional, chegando à 17ª colocação, com R$ 22,03 bilhões. São Bernardo do Campo está no 19º posto, com R$ 21,91 bilhões.

Mauá ficou na 49ª posição no país, enquanto que Diadema ficou em 56º lugar e São Caetano na 106ª colocação.

No Brasil, o maior consumo continua sendo de São Paulo (7,84% dos dispêndios no país), seguida por Rio de Janeiro (4,24%) e Brasília (2,11%).

 

Informações: www.ipcbr.com