Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
d0a5997d46e3f409d557556860b56692 Offices - Postada em: 15/04/2020

Movida divulga seus compromissos ASG

A Movida sempre assumiu seu compromisso em ajudar a desenvolver um mundo melhor, mais móvel e justo. E num momento delicado como o atual, compreender que a natureza, a sociedade civil, o setor privado e o governo fazem parte da mesma engrenagem é vital. Neste contexto, a companhia, que tornou-se a primeira locadora de veículos do mundo, listada em bolsa, a obter a certificação de empresa B, registra publicamente seu posicionamento e divulga seu segundo relatório de sustentabilidade, com todos os projetos, estratégias e investimentos realizados em 2019 direcionados à agenda ASG (ambiental, social e governança).

Em evidência está a oficialização dos compromissos de longo prazo associados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas e aos Princípios do Pacto Global. Entre eles estão a contribuição para uma mobilidade melhor – mais ágil, segura, integrada e sustentável – e a participação ativa no esforço global para a estabilização da concentração das emissões de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera, em linha com a transição para uma economia de baixo carbono. A Movida pretende tornar-se carbono neutro até 2030 e carbono positivo até 2040.
Para Lívia Frisera, responsável pela área de sustentabilidade da Movida, a preocupação em cuidar questões ambientais, sociais e de governança (ASG) tornou-se muito mais do que uma ambição da empresa, mas, sobretudo, uma diretriz que guia todas as ações realizadas em cada departamento. “O consumidor está mais atento a estes princípios e passará a solicitar, cada vez com mais ênfase, serviços, produtos e principalmente atitudes que tenham contribuição tanto com seu entorno, quanto com todo o planeta”, completa.

A parceria estabelecida com a ONG Black Jaguar Foundation é outro ponto de destaque. A Movida firmou o compromisso de plantar 1 milhão de árvores até 2022, contribuindo com um dos maiores projetos de reflorestamento do mundo: o Corredor de Biodiversidade do Araguaia. Uma área de 10,4 milhões de hectares, com 2.600 km de comprimento e 40 km de largura, que conecta dois dos mais importantes ecossistemas do mundo: a floresta Amazônica e o Cerrado. O objetivo é ampliar e gerar mais valor ao Programa Carbon Free, responsável por neutralizar as emissões de CO2 geradas pelas locações. Essa ação tem relação direta com as ODS 13 e 15 do Pacto Global da ONU e permitirá a captura de um milhão de tonelada de CO2 da atmosfera.

Ainda nessa linha, por meio do projeto de Loja Ecoeficiente, a companhia vem otimizando o uso dos recursos naturais com a implantação de diretrizes de gestão ambiental que buscam ações sustentáveis quanto ao uso de energia e água, gerenciamento de resíduos e emissões de gases de efeito estufa. Até 2021, todas as suas lojas e escritórios serão abastecidas com 100% de energia renovável, reduzindo mais de 740 toneladas de CO2eq. E até 2030, o objetivo é impulsionar a economia circular e a inclusão social de catadores e cooperativas de forma a reduzir pela metade o envio de resíduos a aterros sanitários.
Essas e outras ações realizadas em 2019, como o pacto para garantir 50% de mulheres na liderança em 2030, estão detalhadas no relatório de sustentabilidade e demonstraram o pioneirismo da companhia nesse tema frente ao setor de locação de carros. Isso permitiu que a Movida fosse a primeira empresa de aluguel de veículos a compor a carteira ISE2020 da B3, que considera a performance das empresas de capital aberto sob o aspecto da sustentabilidade, o que inclui governança, resultados econômicos e equilíbrio ambiental e social.

Além de utilizar a metodologia da Global Reporting Initiative (GRI), o relatório incorporou pela primeira vez as diretrizes do International Integrated Reporting Council (IIRC), marcando o início de um Relato Integrado que tem como finalidade demonstrar como a locadora criou e distribuiu valor no seu modelo de negócios.

Texto por Agência com edição
Imagem Destacada via Divulgação