Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
MRV Cidades - Postada em: 06/09/2017

MRV capacita mais de 3 mil operários em 177 salas de aula

Construtora inaugurará no dia 22 de setembro uma nova escola no complexo Grand Reserva Paulista, em Pirituba

 

Celebrado no dia 8 de setembro, o Dia Mundial da Alfabetização será comemorado na MRV Engenharia com a inauguração de uma nova escola voltada para o ensino de seus operários, fruto do Projeto Escola Nota 10. Em 22 de setembro, 18 operários do canteiro do complexo residencial Grand Reserva Paulista trocarão pás e capacetes por lápis e borracha e serão alfabetizados no próprio ambiente de trabalho.

Desde 2012, a MRV, por meio do Instituto MRV, promove o Projeto Escola Nota 10 com objetivo de elevar o nível escolar dos trabalhadores de canteiros de obras. Mais de 177 escolas de alfabetização e capacitação profissional foram implantadas pelo país, sendo fundamentais para a formação de mais de 3 mil funcionários da construtora.

“Queremos que em cada canteiro de obras haja uma escola em funcionamento promovendo a educação e cidadania dos operários que demonstram dificuldades no aprendizado”, explica Eduardo Fischer, presidente da empresa e também do Instituto MRV, criado para promover a transformação social por meio de programas em educação. Segundo ele, o projeto Escola Nota 10 amadureceu na companhia e hoje já existem engenheiros comprometidos com a educação dos operários. “Isso nos deixa muito orgulhosos porque cada operário alfabetizado é um exemplo na sua família de origem, incentivando outros a fazer o mesmo”, completa ele.

Um diferencial importante deste projeto é que as aulas acontecem no local e durante o horário de trabalho. “Percebemos que a evasão dos alunos era menor se o curso fosse dado logo no início do expediente”, conta Fischer. “Devido ao esforço físico necessário no trabalho da construção civil, muitos não teriam condições de frequentar as aulas depois de um dia na obra”. O presidente avalia que o projeto em educação ajudou no aumento da produtividade na empresa. “A melhoria contínua dos processos construtivos e o investimento constante em educação, treinamento e qualificação da mão de obra contribuíram para um ganho de produtividade em torno de 15% nos últimos três anos”, diz ele.

As aulas são ministradas por professores capacitados pelo SESI, secretarias municipais e ONGs do setor de educação e todo o material escolar necessário é oferecido pela MRV.

 

Informações: www.mrv.com.br