Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
Paulo Mauro Barao_REM Vivanti Mercado - Postada em: 04/07/2019

Paulo Mauro e REM lançarão cerca de R$ 1 bi até 2020

Marcas fortes do mercado na Zona Oeste de SP voltam a investir juntas após 28 anos

 

Impossível andar pela zona oeste da capital e não se deparar com um estande de vendas ou um empreendimento da Construtora Paulo Mauro. O mesmo acontece em relação a outra empresa que leva o sobrenome Mauro, esta pertencente ao engenheiro Renato Mauro, origem da sigla REM. Renato é sobrinho do construtor Paulo Mauro, cuja empresa completa este ano 64 anos. Já a REM Construtora chega aos 30 anos em 2020. Sob comando de uma nova geração do clã, as empresas voltaram a investir juntas após 28 anos.

Em 1990, Renato Mauro deixou a sociedade na Construtora Paulo Mauro para empreender seu próprio negócio. O pai de Renato, Aniello, e outro irmão, Aldo, eram sócios da Paulo Mauro quando da fundação do grupo.

“Foi uma decisão estratégica. A cooperação entre as empresas, no entanto, nunca deixou de existir”, diz Renato Mauro. Ele lembra que a Construtora Paulo Mauro e a REM Construtora permanecem há vários anos sócias do Shopping Anália Franco.

De acordo com seus dirigentes e executivos, a Construtora Paulo Mauro e a REM Construtora apostam na retomada do setor imobiliário e manterão sua estratégia de negócios focada na zona oeste da capital, sobretudo nos bairros de Perdizes, Pompéia e Vila Romana.

Os lançamentos das incorporadoras nessas regiões acontecem entre o mês de agosto próximo e meados de 2020, e atingirão valor geral de vendas (VGV) de aproximadamente R$ 1 bilhão.

Mais lançamentos

As empresas lançam em sociedade, ainda em 2019, dois empreendimentos na Vila Romana, com VGV de R$ 300 milhões. Para o primeiro semestre de 2020, está previsto também um residencial no bairro de Perdizes, com VGV de R$ 365 milhões. Na Vila Romana, serão 189 unidades no total, com 104m², 151m² e 180m², enquanto em Perdizes os 143 apartamentos terão metragens de 106m², 162m² e 225m².

O cronograma de lançamentos da Construtora Paulo Mauro e da REM Construtora contempla ainda mais cinco empreendimentos. Nestes, entretanto, as empresas não terão sociedade nos investimentos.

A REM Construtora colocará no mercado, no segundo semestre deste ano, um empreendimento na rua Venâncio Aires, em Perdizes, com VGV de R$ 65 milhões e 153 unidades entre 23m² e 37m². Nos primeiros meses de 2020, será a vez da região dos Jardins, onde será lançado um residencial com 167 unidades entre 25m² e 69m², além de 4 lojas.

Já a Construtora Paulo Mauro programa mais dois lançamentos residenciais no ano de 2020, ambos no bairro de Perdizes, sendo um deles com 64 unidades de 67m² e 92m² e VGV de R$ 63 milhões. O outro, com 64 unidades de 88m², 104m², 118m² e 135m², terá VGV de R$ 85 milhões. A empresa acrescenta ainda que lançará, também em Perdizes, um empreendimento formado por lajes comerciais, com VGV de R$ 150 milhões.

Solidez na crise do setor

Segundo seus sócios e principais executivos, as duas empresas estão em busca de novas áreas para incorporações. Mesmo no ciclo 2014-2018, marcado pela crise econômica, as empresas do clã Mauro não deixaram de lançar produtos. A REM Construtora também capta terrenos no mercado, segundo informa seu diretor executivo, Rodrigo Mauro.

“Mantivemos a cautela que define a nossa trajetória de sessenta e quatro anos, mas nos fizemos presentes no mercado e obtivemos sucesso com os produtos lançados”, resume Marcos Mauro, sócio diretor da Construtora Paulo Mauro.

Rodrigo Mauro, da REM Construtora, acrescenta que sua empresa seguiu na mesma direção e viveu bons momentos no mercado, a despeito do pessimismo que tomou conta do setor.

A REM Construtora lançou oito empreendimentos residenciais nos últimos cinco anos. Foram 1.218 unidades, com VGV total da ordem de R$ 500 milhões, incluindo um empreendimento da categoria Minha Casa, Minha Vida na cidade de Bragança Paulista, no Interior Paulista.

“Nossa estratégia sempre foi a de seguir em um mercado de nicho, preferencialmente na zona oeste de São Paulo. Entregamos empreendimentos de médio e alto padrão com obras bem construídas, boa localização. Construímos uma reputação de solidez ancorada na qualidade”, diz Rodrigo Mauro.

Entre 2014 e 2018, a Construtora Paulo Mauro lançou seis empreendimentos, totalizando 520 unidades residenciais. O VGV do período foi de R$ 450 milhões.

“A estratégia central da Construtora Paulo Mauro, desde sua origem, é construir na zona oeste da capital. Seus empreendimentos têm apartamentos com três dormitórios em média, além de acabamento diferenciado, superior. Esse atributo de qualidade é hoje reconhecido por todo o mercado imobiliário”, complementa Marcos Mauro.

O executivo destaca ainda que em 64 anos de história a Construtora Paulo Mauro ergueu 140 empreendimentos, com área construída equivalente a 2,8 milhões de metros quadrados – superior à do Principado de Mônaco, na Europa.

Mais de 8,3 mil unidades foram entregues pela empresa, que também implantou e construiu o primeiro hotel da rede Sofitel no Brasil, localizado na rua Sena Madureira, hoje Grand Mercure. A REM Construtora, por sua vez, perto de comemorar 30 anos, entregou cerca de 40 empreendimentos desde 1990 e tem outros seis em construção, com um total aproximado de 500 mil m² construídos.

 

Informações: www.paulomauro.com.br e www.remconstrutora.com.br

Foto: Empreendimentos Barão (Paulo Mauro) e Vivanti (REM), lançados pelas empresas em 2018