Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
Empreendimento Marcco, que teve a cobertura comercializada no valor de R$ 4 milhões. Mercado - Postada em: 20/07/2020

REM Construtora zera estoque de imóveis prontos e celebra vendas de R$ 20 milhões ante pandemia

Incorporadora e construtora preparam lançamento de R$ 340 milhões para o bairro de Perdizes, neste semestre e adere ao “Não Demita”

 

São Paulo (SP) – A REM Construtora vendeu 17 unidades, incluindo uma cobertura no valor de R$ 4 milhões de seu empreendimento Marcco, no período de isolamento social. O CEO da empresa, Renato Mauro Filho, comemora o desempenho. Mesmo com estandes fechados, a REM transacionou apartamentos de médio e alto padrão nos bairros de Perdizes e Pompeia e unidades do Minha Casa, Minha Vida, no Parque S. Domingos. A movimentação supera R$ 20 milhões, de acordo com o executivo.

 

“Notamos que a procura se manteve mais concentrada nos empreendimentos prontos de médio padrão”, destaca Rodrigo Mauro, diretor geral. Segundo ele, a busca por imóveis em lançamento no site da empresa permanece em patamar satisfatório, embora tenha registrado queda na comparação a meses anteriores. “As pessoas adiaram negócios, mas seguem em busca de oportunidades.”

 

Conforme os executivos, em tempos de ‘normalidade’ o site da REM registra de 140 a 150 leads semanais, número que chegou a cair para 120 nos primeiros 30 dias das medidas de isolamento. Na última semana, entretanto, foram medidos 200 leads, “sinalizando que o imóvel continua atraindo a atenção de compradores e investidores”, diz Rodrigo. Neste semestre, a REM anunciará o lançamento de um empreendimento de alto padrão no bairro de Perdizes, com valor de vendas acima de R$ 340 milhões, em parceria com a incorporadora EXTO e com a construtora Paulo Mauro.

 

Não Demita – A REM formalizou sua adesão ao movimento Não Demita, que já reúne 4 mil empresas comprometidas com a manutenção de empregos por pelo menos 60 dias, ante à crise causada pelo coronavírus. “Nossa empresa é aliada à empregabilidade com ou sem pandemia. Está no DNA da REM a valorização da força de trabalho, independentemente de ciclos econômicos. Apoio a colaboradores é um valor fundamental, por isso não reduzimos carga horária e nem salários neste momento difícil para todos”, finaliza Renato Mauro Filho.

 

A REM deverá colocar no mercado R$ 500 milhões em imóveis até o final deste ano. Segundo a empresa, três empreendimentos lançados entre o final do ano passado e o início de 2020, os residenciais Marcco e Unicco, fruto de parceria com a Construtora Paulo Mauro e VA-433 (compactos de alto padrão, em sociedade com o fundo RB Capital) movimentaram cerca de R$ 150 milhões em vendas. www.remconstrutora.com.br