Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
decoracao Guia de compra - Postada em: 11/10/2017

Técnica de home staging pode valorizar o imóvel em até 30%

Sem necessidade de reformar, proprietário pode utilizar apenas objetos e decoração para agregar valor à casa

 

Após a crise internacional de 2008, técnica de home staging começou a ser disseminada entre corretores e proprietários de imóveis nos Estados Unidos. O sistema tem como etivo principal agregar valor ao imóvel usado sem reformá-lo, utilizando apenas objetos e decoração que o proprietário já possui.

Segundo a designer de interiores Sandra D’Angelo, que está trazendo o conceito para o Brasil, um imóvel preparado com o home staging pode ser negociado até 78% mais rápido, além de aumentar 30% o valor final de venda.

“É importante que o proprietário faça a preparação do imóvel antes da negociação. Após essa etapa é necessário saber negociar de forma assertiva, buscando as palavras certas que devem ser utilizadas na hora de vender”, ressalta.

Profissional há 25 anos, Sandra se especializou em home staging elaborando casas modelo para as construtoras nos EUA, como Colonial, Lennar e USHomes. Também possui especialização em investimento e especulação imobiliária.

Para ela, o home staging será visto como um diferencial e uma poderosa ferramenta de vendas, especialmente no mercado brasileiro, onde a oferta imobiliária é maior que a procura. Mais que uma técnica inovadora para arquitetos, designers de interiores, corretores de imóveis e pessoas de perfil criativo e empreendedor, o home staging é um modelo de negócio promissor e que pode ser amplamente utilizado no mercado imobiliário brasileiro.

“Meus olhos percorriam as casas modelo como um escâner, identificando o que estava faltando. Anotava tudo e depois, num outro dia, arrumava os ambientes”, pontuaa.

 

Informações: https://stagingbrasil.com.br