Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
materiais construcao 00 Mercado - Postada em: 05/12/2017

Varejo de material de construção subiu 3% em novembro

No acumulado do ano, comercializações no setor teve alta de 5% sobre igual período de 2016

 

As vendas do varejo de material de construção aumentaram 3% em novembro sobre outubro. Em relação ao penúltimo mês de 2016, o crescimento foi de 2%. Os dados são da Pesquisa Tracking mensal da Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção). A pesquisa ouviu 530 lojistas entre os dias 24 a 30 de novembro.

“Com esses resultados, o volume de vendas no acumulado do ano apresenta alta de 5%, se comparado ao mesmo período do ano passado. O índice é o mesmo apresentado pelo setor nos últimos 12 meses”, explica o presidente da associação, Cláudio Conz.

As regiões Sul (+9%), Norte (+5%) e Sudeste (+4%) apresentaram as maiores variações positivas. No Nordeste, o desempenho ficou próximo a outubro e no Centro-Oeste ocorreu um recuo de 11%.

“As lojas com mais de 50 funcionários puxaram a alta do mês, pois apresentaram variação de 10% em relação a outubro. Isso mostra que o consumidor voltou a construir e reformar, pois é para essas lojas que a maioria dos consumidores se dirige quando quer comprar em grandes quantidades”, diz Conz, afirmando que as lojas menores são mais procuradas para compras de reposição, quando a obra já está em andamento.

Otimismo

Após participar de uma reunião com o presidente da República, Michel Temer, e outros empresários do setor de comércio e serviços no dia 29 de novembro, o executivo da Anamaco se mostrou confiante de que o varejo de material de construção fechará o ano com dados positivos.

“A nossa expectativa é encerrarmos 2017 com 5% de crescimento sobre 2016. O segundo semestre geralmente corresponde a 65% das vendas do ano, e tivemos uma melhora nas vendas também por conta da queda da inflação, que influencia positivamente a confiança do consumidor”, completa.

Cerca de 29% dos entrevistados afirmaram que contrataram funcionários em novembro e 11% pretendem aumentar seu quadro no mês de dezembro. A pesquisa da Anamaco também indicou que 38% dos lojistas pretendem realizar investimentos nos próximos 12 meses.

 

Informações: www.anamaco.com.br