Acesse as melhores dicas
e informações do mercado
ranking Osasco Mercado - Postada em: 11/09/2019

Vendas tiveram ritmo mais lento em cidades da Grande SP em julho

Nos municípios vizinhos à Capital, comercializações ficaram menores no período. Lançamentos também recuaram

 

A Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) é composta por 39 municípios, sendo a capital paulista o principal deles. Por essa razão, a Pesquisa do Mercado Imobiliário do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) analisa o setor paulistano de forma separada.

Em julho, as outras cidades da RMSP somaram 424 imóveis residenciais novos vendidos – volume 70,5% abaixo de junho e 55,3% menor que o mesmo mês de 2018.

No acumulado de 12 meses até julho, foram comercializadas 8.151 unidades nas outras cidades da RMSP, resultado17% inferior ao registrado no período precedente.

Em termos financeiros, o VGV (valor geral de vendas) movimentado nas outras cidades da Região Metropolitana totalizou R$ 146,6 milhões, um declive de 71,5% face junho e regressão de 42,4% sobre um ano antes, conforme valores atualizados pelo INCC-DI de julho de 2019.

Já a velocidade de comercializações medida pelo VSO (vendas sobre ofertas) alcançou 6%, ficando inferior aos 17,5% de junho e dos 12,2% de um ano antes.

Lançamentos e oferta

Segundo a Embraesp (Empresa Brasileira a de Estudos de Patrimônio), os lançamentos nas cidades vizinhas da Capital perfizeram 368 imóveis novos, um recuo de 69,6% frente a junho e redução de 50,5% em relação a um ano antes.

Os outros municípios da RMSP encerraram julho com 6.670 unidades disponíveis para venda – volume abaixo do registrado em junho (6.788 unidades). A oferta disponível é composta por imóveis na planta, em construção e prontos, lançados nos últimos 36 meses até julho.

 

Informações: www.secovi.com.br